Confira as novidades da premiação

    • Notícias recentes

      Decisão do Júri

      20-10-2020

      Carta das Cidades Educadoras

      Monografias

      Experiência Destacada

      << Iniciativas Finalistas

      CAÑADA DE GÓMEZ: 72 Horas Curtas

       

      Festival de Criação de Filmes Juvenis

      Desde 2011, centenas de jovens e cineastas transformaram Cañada de Gómez num grande estúdio de cinema ao ar livre a partir de um festival de curtas-metragens organizado pelo governo local.

      Os seus participantes são alunos do ensino secundário de diferentes escolas da cidade e da região. Integrados aleatoriamente em diferentes equipas coordenadas por criadores profissionais do audiovisual, têm como missão fazer, de raiz, dez curtas-metragens em apenas três dias, desenvolvendo todas as fases de realização de um filme: criação de guiões, filmagens e pós-produção. A aventura termina com uma sessão de estreia em que são exibidas as obras feitas antes de milhares de espectadores serem exibidas.

      A experiência nasceu com o objetivo de gerar um espaço de encontro para que os jovens de Cañada de Gómez tenham laços sociocomunitários e possam expressar as suas opiniões sobre o mundo e a realidade que os rodeia. A realização cinematográfica (arte coletiva da antonomasia) oferece um enquadramento a partir do qual a aprendizagem acontece contextualizada permitindo refletir sobre os problemas que passam pela juventude, e implantar o seu potencial criativo. As curtas-metragens abordam temas tão relevantes como: o impacto das tecnologias na vida e na sociedade, na deficiência, no bullying, na discriminação, na diversidade sexual, na amizade, no tráfico de seres humanos, na igualdade de género, nos direitos humanos, etc.

      O festival assegura acesso livre e igual a ferramentas tecnológicas audiovisuais, com o objetivo de desenvolver competências e atitudes colaborativas, em ambientes comunitários e coletivos. Garante que os participantes trabalhem em conjunto com outros jovens da cidade e da região com diferentes realidades socioculturais, para potenciar a experiência da diversidade e promover a consciencialização para a equidade e inclusão social.

      Contacto: Sra. Stella Maris Clérici
      E-mail: intendencia@mcg.gov.ar

      Encontrará informações mais detalhadas no Banco de Experiências